Prevalência do uso de drogas de abuso por policiais militares do estado de Goiás no período de 2016 a 2021

  • Grazielli Lisboa da Silva Schimidt Faculdade da Polícia Militar - FPM
  • Anna Caroliny Souza Silva Faculdade da Polícia Militar - FPM
  • Jessica Cristina Santos de Oliveira Faculdade da Polícia Militar - FPM
  • Vania Cristina Rodriguez Salazar Faculdade da Polícia Militar - FPM, Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC Goiás
Palavras-chave: Drogas de Abuso, Urina, Policiais militares, Imunocromatografia

Resumo

O uso de drogas lícitas e ilícitas é certamente um problema de cunho social. Existem inúmeros motivos pelos quais uma pessoa começa a fazer uso dessas substâncias, dentre elas: frustrações, curiosidade, experiências agradáveis, “criativas”, “viajar”, escapar de problemas, entre outros. Normalmente esse contato inicial com as drogas ocorre pela dificuldade de enfrentar as diferentes situações do cotidiano. Nesse contexto, diversas classes profissionais que vivenciam um cotidiano estressante, enveredam por este caminho, dentre elas, os policiais militares. Dessa forma, o objetivo deste artigo foi realizar um levantamento dos resultados de exames toxicológicos obtidos em um hospital de atendimento ao policial militar do Estado de Goiás no período de 2016 a 2021. Esse levantamento foi realizado através de análise toxicológica em 632 amostras de urina, submetidas a testes imunocromatográficos qualitativos. Foram pesquisadas 12 drogas e/ou metabólitos, das quais: anfetaminas, metanfetaminas, cocaína, tetrahidrocanabinol, benzodiazepinas, morfina, metilenodioximetanfetamina, propoxifeno, antidepressivos tricíclicos, fenciclidina, barbitúricos e metadona. Os resultados obtidos foram: das 632 amostras analisadas, a maioria delas (628) foram de policiais do gênero masculino com faixa etária entre 20 e 35, a prevalência de drogas foi de 28 amostras positivas (4,4%), sendo que as drogas de abuso mais encontradas foram: benzodiazepínicos, maconha, cocaína, opiáceos e antidepressivos havendo associação no uso dessas drogas em alguns casos. Esses dados mostram a necessidade de políticas específicas de controle e prevenção ao consumo de drogas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
15-12-2021
Como Citar
Schimidt, G. L. da S., Silva, A. C. S., Oliveira, J. C. S. de, & Salazar, V. C. R. (2021). Prevalência do uso de drogas de abuso por policiais militares do estado de Goiás no período de 2016 a 2021. REVISTA BRASILEIRA MILITAR DE CIÊNCIAS, 7(19). https://doi.org/10.36414/rbmc.v7i19.112
Seção
Artigos