ACNE VULGAR: ASSOCIAÇÕES TERAPÊUTICAS ESTÉTICAS E FARMACOLÓGICAS

  • Jéssica Gomide Pereira Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC Goiás
  • Kleber França Costa Universidade Estadual de Goiás - UEG
  • Hermínio Maurício da Rocha Sobrinho Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC Goiás, Universidade Estadual de Goiás - UEG
Palavras-chave: Acne vulgar, Tratamento, Terapia Estética, Terapia Combinada, Laserterapia

Resumo

A acne vulgar é a afecção cutânea mais frequente na população mundial. Consiste em uma doença crônica da unidade pilossebácea com importantes repercussões psicossociais. Este estudo objetivou revisar as principais modalidades terapêuticas para o tratamento da acne vulgar, ressaltando-se os benefícios e a eficácia das terapias farmacológicas e estéticas nas diferentes formas clínicas da acne. Trata-se de uma revisão narrativa de literatura sobre a associação de terapias farmacológicas e estéticas no tratamento da acne vulgar. Para a pesquisa foram utilizadas as bases de dados PubMed e Scielo. A busca das publicações foi realizada no período de Julho do ano de 2017 a Julho do ano de 2018. Foram selecionados artigos publicados de 2009 a 2018, com amostra final de 37 artigos. A classificação da acne vulgar quanto à gravidade das lesões em leve (comedoniana ou papulo-pustulosa), moderada (papulo-pustulosa ou nodular) e grave (nódulo-cística ou conglobata) mostra-se útil na determinação da terapêutica a ser escolhida, sendo adotada nos algoritmos terapêuticos de consensos internacionais. Os fármacos incluem retinoides tópicos e sistêmicos, antimicrobianos tópicos e sistêmicos, peróxido de benzoíla, ácido azelaico, além de fototerapia e procedimentos estéticos. O tratamento visa proporcionar a resolução das lesões cutâneas da acne, prevenir o desenvolvimento de cicatrizes e reduzir o aparecimento de novas lesões. Algumas terapias são recentes e promissoras, como é o caso de abordagens estéticas utilizando-se o laser, peelings químicos, microagulhamento e microdermoabrasão que podem colaborar com o tratamento coadjuvante à terapia medicamentosa podendo apresentar efeitos sinérgicos no tratamento da acne leve a moderada. 

Publicado
03-12-2019
Como Citar
Pereira, J. G., Costa, K. F., & Rocha Sobrinho, H. M. da. (2019). ACNE VULGAR: ASSOCIAÇÕES TERAPÊUTICAS ESTÉTICAS E FARMACOLÓGICAS. Revista Brasileira Militar De Ciências, 5(13). https://doi.org/10.36414/rbmc.v5i13.18
Seção
Artigos