O IMPACTO DA TERAPÊUTICA TAKKYU VOLLEY NA INDEPENDÊNCIA FUNCIONAL E NA QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES EM REABILITAÇÃO NEUROLÓGICA

  • Husys Cardoso Souto Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC Goiás, Associação dos Deficientes Físicos do Estado de Goiás – ADFEGO
  • Jacqueline Andréia Bernardes Leão-Cordeiro Universidade Federal de Goiás – UFG
  • Cesar Augusto Sam Tiago Vilanova-Costa Associação de Combate ao Câncer em Goiás – ACCG
  • Fabiana Castro Ramos Universidade Paulista – UNIP
  • Antonio Márcio Teodoro Cordeiro Silva Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC Goiás, Universidade Paulista – UNIP, Faculdade da Polícia Militar – FPM
Palavras-chave: Reabilitação. Fisioterapia. Doenças do Sistema Nervoso. Takkyu Volley.

Resumo

A reabilitação fisioterapêutica convencional (FC) e a oficina terapêutica Takkyu Volley (TkV) são modalidades para o tratamento de pacientes neurológicos. O presente estudo avaliou o impacto do tratamento de fisioterapia convencional e da oficina terapêutica TkV na independência funcional e na qualidade de vida dos pacientes em reabilitação neurológica. Trata-se de um estudo analítico, longitudinal, prospectivo, com 30 pacientes, no período de junho/2016 a novembro/2017, em Goiânia/GO. Destes pacientes, 10 foram submetidos apenas à FC e 20, além da fisioterapia convencional, foram também direcionados à oficina terapêutica TkV. Foram aplicados três questionários: sociodemográfico, de qualidade de vida SF-36v2 e o Índice de Barthel. Foram realizadas estatísticas descritiva e comparativa. O grupo avaliado tinha a média de idade de 52,4 anos, era constituído principalmente por homens, com renda familiar de até um salário mínimo. A avaliação da qualidade de vida apontou maior impacto sobre as dimensões "Capacidade Funcional", "Estado Geral de Saúde" e "Dor". A Oficina Terapêutica TkV sobressaiu em alguns itens em relação à fisioterapia convencional. Na primeira fase alcançaram melhores escores nas dimensões componente mental, aspecto social. E na segunda fase: componente físico, componente mental, capacidade funcional, aspecto físico, estado geral de saúde e aspecto emocional. Todos os dados avaliados pelo questionário do índice de Barthel não mostraram diferenças estatisticamente significantes na comparação entre as duas modalidades avaliadas. Ambos os tratamentos tiveram resultados positivos na melhora da incapacidade funcional e da qualidade de vida dos pacientes, com destaque especial para a oficina terapêutica TkV, que atingiu resultados mais expressivos.

Publicado
13-12-2019
Como Citar
Souto, H. C., Leão-Cordeiro, J. A. B., Vilanova-Costa, C. A. S. T., Ramos, F. C., & Silva, A. M. T. C. (2019). O IMPACTO DA TERAPÊUTICA TAKKYU VOLLEY NA INDEPENDÊNCIA FUNCIONAL E NA QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES EM REABILITAÇÃO NEUROLÓGICA. Revista Brasileira Militar De Ciências, 5(13). https://doi.org/10.36414/rbmc.v5i13.22
Seção
Artigos