Estudo comparativo de prevalência de Hepatite C entre laboratório público e privado do estado de Goiás, Brasil

  • Fernanda Gabriel Aires Saad Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC Goiás
  • Sérgio Henrique Nascente Costa Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC Goiás, Faculdade da Polícia Militar - FPM
Palavras-chave: Hepatite C; Anticorpos Anti-Hepatite C; Hepatite C crônica

Resumo

Este estudo teve por objetivo avaliar comparativamente a prevalência de casos de Hepatite C no Laboratório Clínico PUC-Goiás (LCPUCGO) e no Laboratório Clínico do Hospital do Policial Militar de Goiás (LCHPM), com o intuito de observar a divergência entre sororreagentes e de retratar o cenário atual da doença. Trata-se de um estudo observacional transversal comparativo entre resultados reagentes para o Anti-HCV em dois laboratórios do Estado de Goiás. Foi constatada a prevalência de Hepatite C de 2,23% no LCPUCGO e de 1,20% no LCHPM no ano de 2019. A prevalência da Hepatite C detectada por este estudo em 2019 no LCHPM e LCPUCGO, 1,20% e 2,23% respectivamente, corrobora com a bibliografia pesquisada, que identificou, no Brasil, a prevalência de pessoas reagentes para o HCV correspondente a 0,70%. Evidenciou-se que a prevalência de Hepatite C no LCPUCGO é consideravelmente maior do que a do LCHPM. A Hepatite C ainda mantêm a sua prevalência ao longo dos anos no estado de Goiás. Portanto, torna-se necessária uma ação conjunta do governo e dos profissionais de saúde brasileiros para cumprir as metas do plano de eliminação no Brasil e auxiliar no rastreamento e acompanhamento da Hepatite C, com o intuito de evitar a progressão da doença.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
02-12-2020
Como Citar
Saad, F. G. A., & Costa , S. H. N. (2020). Estudo comparativo de prevalência de Hepatite C entre laboratório público e privado do estado de Goiás, Brasil. REVISTA BRASILEIRA MILITAR DE CIÊNCIAS, 6(16). https://doi.org/10.36414/rbmc.v6i16.67
Seção
Artigos