Caracterização de espermogramas realizados em policiais militares atendidos no laboratório do hospital do policial militar de Goiás

  • Ludmila Felipe Oliveira Faculdade da Polícia Militar - FPM
  • Letícia Romeira Belchior Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC Goiás
  • Sérgio Henrique Nascente Costa Faculdade da Polícia Militar - FPM, Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC Goiás
  • Clayson Moura Gomes Faculdade da Polícia Militar - FPM, Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC Goiás
Palavras-chave: infertilidade, militares, reprodução humana, espermograma, Fertilidade

Resumo

A importância da avaliação da saúde sexual do homem é relevante e contribui para prevenção e cuidado com relação a doenças e causas de disfunções sexuais ou infertilidade. O espermograma é um exame importante para verificar se o volume do esperma, o pH (acidez), a viscosidade, a cor e a liquefação do sêmen apresentam-se normais, dentre outras análises. A caraterização do espermograma de determinados homens, como os militares, contribui para uma abordagem comparativa com a literatura e detecção de associações com hábitos de vida específicos que auxiliam na prevenção e cuidados essenciais para a melhoria da saúde. O objetivo deste estudo é de caracterizar os espermogramas em policiais militares atendidos no laboratório do Hospital do Policial Militar de Goiás e relacionar com fatores antropométricos e metabólicos. Trata-se de um estudo transversal realizado entre os anos de 2008 e 2018, em que foram descartados os pacientes vasectomizados. Assim, os resultados de 46 espermogramas, no período de 2008 a 2018 foram tabulados e associados com resultados de glicemia em jejum, perfil lipídico e IMC.  Os resultados de três pacientes vasectomizados foram excluídos, sendo que nos 43 indivíduos restantes, a média de idade foi de 36 anos e 70% (9/13) apresentaram valores aumentados do IMC. Com relação aos níveis glicêmicos, 18% (3/17) manifestaram-se elevados e observou-se quadro de dislipidemias em 40% (6/15) dos analisados. Em relação as alterações encontradas no espermograma: 37% possuíam necrospermia; 5% apresentaram teratospermia; 37% dos indivíduos apontam hipospermia; 24% manifestaram oligospermia; 50% dos avaliados apontam astenopermia. A caracterização dos espermogramas, juntamente com fatores antropométricos e metabólicos dos policiais militares, mostraram que é importante o rastreio e as pesquisas relacionadas a esse assunto, pois podem estar relacionados com a fertilidade e hábitos  importantes na vida desses profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
25-08-2021
Como Citar
Oliveira, L. F., Belchior, L. R., Costa, S. H. N., & Gomes, C. M. (2021). Caracterização de espermogramas realizados em policiais militares atendidos no laboratório do hospital do policial militar de Goiás. REVISTA BRASILEIRA MILITAR DE CIÊNCIAS, 7(18). https://doi.org/10.36414/rbmc.v7i18.100
Seção
Artigos